Os perigos da gordura abdominal – saiba como combatê-los

A gordura abdominal é algo que incomoda muitas pessoas na população mundial, e no Brasil não é diferente.

Mas você sabia que além das questões estéticas, essa gordurinha na barriguinha pode ser um perigo?

Como é sabido, com o passar dos anos o acúmulo de gordura nessa região acontece. No entanto, por trás disso há uma questão mais grave do que podemos pensar.

Nos últimos anos o número de mulheres com problemas cardíacos ou diabetes do tipo II tem se elevado, graças aos hábitos de vida e alimentação que estamos levando.

Entre os perigos que podemos citar sobre essa gordurinha abdominal em longo prazo, estão as doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e hipertensão.

Gordura abdominal é perigosa

O acúmulo de gordura abdominal também prejudica na respiração, e quando se cansa os pulmões são os que mais sofrem.

É bom ressaltar que tal acúmulo pode contribuir ainda para doenças mais sérias, como câncer de mama ou de colo de útero. No caso das mulheres essa gordura pode contribuir para alterações na menstruação.

Para saber se você possui excesso de gorduras no abdômen, veja se sua cintura ultrapassa 89 cm. Se sim, já é bom se cuidar.

Para homens esse número não deve exceder 102 centímetros de cintura.

Se você deseja reduzir essa gordurinha, evite alimentar-se com sal. Beba dois litros de água diariamente (ou mais). Consuma grãos integrais, como cereais (trigo e aveia).

Outros pontos importantes para a redução: evitar o açúcar, beber pela manhã, em jejum, um copo de água morna com limão; após almoços e jantares, beber chá de sálvia (uma ótima planta para akidar a diferir e eliminar essas gordurinhas).

Evitar leite de vaca (opte por iogurte sem açúcar). Caminhe diariamente e coma pouco (e cinco vezes ao dia, já que evitar uma das refeições fará com que você coma mais em outra).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *